sexta-feira, setembro 21, 2007

América Latina foi região em que riqueza de milionários mais cresceu

Não vão demorar a aparecer os afobados para tomar a pesquisa como prova de que a desigualdade é o motivo da nossa miséria (a material, a moral é outro assunto). Será? A premissa utilizada para chegar a essa conclusão é obvia, mas quando exposta mostra sua cara ridícula: uma pessoa ganha menos dinheiro porque outra ganha mais? É claro que não. O crescimento de quem já é grande é menor do que o de quem ainda é pequeno. Parece simples demais, e é.

Não sei porque é tão difícil entender que a solução não é deixar os ricos mais pobres e sim deixar os pobres mais ricos.

5 comentários:

alex disse...

gostaria de deixar aqui o meu blog.
onde o cão ladra, mas tb morde
até ao dia em que a caravane já não passe

http://cao.blogs.sapo.pt/

Anónimo disse...

Giovani, dê uma olhada nesse link, por favor, se já não o viu.

http://www.guardian.co.uk/zimbabwe/article/0,,2181086,00.html

Resultado de uma reforma agrária socialista. Espetacular.

FÁBIO MARTON disse...

E uma causa assim tão simples, que não aponta nenhuma vítima, nenhum grupo pra açular a multidão contra, é assim mesmo tratada como discurso subversivo de ódio pela turma da sinistra.

Deve ser isso, de não pedir a cabeça de nenhum grupo indiscriminado, isso o que é tão chato, tão impopular. Em algum momento da história ser mais civilizado contou pontos para alguém?

Jorge Nobre disse...

Se os pobres ficarem menos pobres, eles não voltarão mais no Lula.

primo de rivera disse...

voces todos comeram cocô?