quarta-feira, dezembro 12, 2007

Mais algumas considerações sobre a CPMF:

A mídia que coloca entre parênteses a expressão 'imposto do cheque' faz parte - conscientemente ou não, mas aposto no sim - da maquina de propaganda oficial. Esse apelido conduz à mentira propagada pelo governo de que apenas os ricos pagam o imposto. Mentira pura e simples. Qualquer um que faz essa afirmação deveria ser processado.

No melhor estilo leninista, o PT acusa a incoerência do PSDB. Ela não existe. Defender o fim de uma aberração que foi criada como provisória é coerente com a criação dela nesses termos. Incoerente é querer tornar permanente o que não se aceitava nem como provisório.

Qualquer proposta que não esteja inclusa no projeto não vale nada. A inclusão das propostas devolve o processo para a câmara. Mesmo assim, aceitando qualquer proposta a oposição estará fazendo a mesma coisa: dando dinheiro ao PT para criar mais cargos de confiança que alimentam o caixa do partido através do dízimo e dando dinheiro para a máquina de propaganda petista. Não se assustem se o PT colocar a culpa na oposição pela alta carga tributária.

A CPMF é a maior aberração tributária do mundo.

6 comentários:

Anónimo disse...

Esse imposto foi criado pelo pior partido de direita do mundo.

Leonardo disse...

O PMDB? Porque o imposto foi criado em 1993, no governo Itamar Franco, sob o nome IPMF.

Feliz Ano Novo, Giovani!

LS disse...

Desejo votos de um bom ano 2008 cheio de venturas e aventuras e com enormes sucessos pessoais e profissionais.

Activista disse...

http://activismo-nacional.blogspot.com/

Thiago disse...

"They tax the money you move? This is ridiculous". (Eleitora da Hilary, aqui na Flórida)

ALlan disse...

Parabéns pelo blog.
É sempre importante o debate de idéias.
abraços
http://blogdoeconomista.blogspot.com