quinta-feira, setembro 06, 2007

O aumento do funcionalismo no governo Lula não é feito só de cargos comissionados, distribuídos entre os quadros do partido. Existem também os concursos públicos. Quem são as pessoas que estão sendo contratadas na avalanche de concursos públicos realizados por Lula? Os jovens da classe média, que em grande parte possuem curso superior e o mercado, por causa dos impostos, não tem como crescer e absorver essa mão de obra qualificada e nem de competir com os benefícios oferecidos por quem tem o privilégio de gastar um dinheiro que não é seu.

Ao entrar no funcionalismo, esses jovens são bombardeados com ideologia esquerdista, seja pelos colegas de trabalho mais antigos ou pelos sindicatos, sempre com acesso livre aos funcionários para 'reuniões' que parecem mais seções de lavagem cerebral. Os que não entram vacinados acabam sendo contaminados sem muita resistência.

Terminamos assim: os ricos têm o Bolsa BNDES, os pobres o Bolsa Família e a classe média tem o Bolsa Funcionário Público. Assim os votos de todos os estratos econômicos são comprados.

O problema é que essa é a mesma classe média que no final paga a conta. Retirando essa mão de obra do setor produtivo, não vai demorar para que não tenha mais ninguém para pagar. Nem entro aqui na questão da quantidade de jovens qualificados que estão indo embora do país expulsos pela falta de oportunidades por aqui.

1 comentário:

Leonardo disse...

Olá Giovani, só agora eu vi seu recado no meu blog, ainda estou engatinhando nisso. Obrigado por ter me adicionado, tomei a liberdade de incluir o seu blog na minha lista também. Abraços.